CNPJ: Entenda a importância do documento ao abrir uma empresa






Dentre os documentos exigidos por lei para a abertura de uma empresa está o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, chamado de CNPJ, sendo este fundamental para a formalização do seu negócio perante o Estado, bem como para a viabilização legal de diversos processos comerciais.


Por isso, é tão importante entender do que se trata e as suas principais características.


CNPJ


O CNPJ compreende as informações cadastrais das entidades de interesse das administrações tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.


Ou seja, o CNPJ, está para as pessoas jurídicas assim como o CPF está para as pessoas físicas, representando o documento básico de identificação que toda empresa deve ter antes de iniciar suas respectivas atividades comerciais.


O documento é expedido pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), responsável pela emissão e fiscalização dos cadastros de pessoas físicas e jurídicas brasileiras.


Neste documento constam dados importantes de identificação empresarial, validando sua existência perante a lei e o Estado.


Dentre os principais dados contidos, podemos citar:

  • Endereço;

  • Razão Social

  • Atividade Econômica realizada, bem como os serviços prestados;

  • Nome Fantasia;

  • Data de abertura e início de atuação;

  • Dados de contato, como: telefones, e-mails e redes sociais;

  • Natureza Jurídica;

  • Situação Cadastral.

Além disso, vale salientar a sua composição, sendo ela de 14 números totais dispostos no seguinte formato: XX.XXX.XXX/0001-XX, com a famosa configuração de mil ao contrário, expressão utilizada de forma corriqueira na identificação de um CNPJ.


Benefícios


O CNPJ é fundamental para o exercício legal de qualquer empresa, independente do seu porte.


Tal fundamentalidade se dá não só pela exigência legal, mas também pelas atividades comerciais essenciais que só são viabilizadas a partir dele.


Dentre todos os benefícios existentes em abrir o seu perfil jurídico, podemos citar como principais:


  • Possibilita a emissão de notas fiscais, processo fundamental para o seguimento adequado do regime tributário;

  • Garante um maior número de relações comerciais, sendo que boa parte dos fornecedores só negociam com pessoas jurídicas;

  • Permite a consulta de outros CNPJ, facilitando e melhorando as relações com fornecedores e clientes;

  • Dá direito a aposentadoria própria a partir da contribuição para a Previdência Social;

  • Viabiliza o registro e a contratação de funcionários de forma legal e regulamentada;

  • Facilita a solicitação de empréstimos com menor taxa de juros (conhecido por empréstimo PJ) e demais atividades financeiras de grande porte;

  • Viabiliza a formalidade de todas as atividades realizadas;

  • Reduz os riscos de multas e infrações por problemas relacionados a tributos e inadequação de existência;


Por fim, tendo em vista os benefícios listados acima é possível reconhecer quão benéfico e fundamental o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas é para quem deseja abrir um negócio.


Por isso, não hesite em formalizar a existência da sua empresa, priorizando sempre a sua adequação legal para não ter dores de cabeça muito maiores do que a criação e manutenção de um CNPJ.

whatsapp-logo-1.png