Como fazer o controle de Banco de Horas de forma eficiente?




O banco de horas é essencial para que a empresa consiga acompanhar a jornada de trabalho dos colaboradores e suas horas extras. Um controle de banco de horas eficiente evita erros e possíveis problemas trabalhistas.


As horas extras dos funcionários precisam ser compensadas conforme as normas da organização ou acordos feitos com os órgãos representantes de classe.


Para que a compensação seja feita corretamente, é necessário um controle e acompanhamento constante do banco de horas.


Como fazer o controle de banco de horas?


O departamento de Recursos Humanos é o responsável por fazer o acompanhamento do banco de horas. Ele pode ser feito por meio de várias ferramentas, desde planilhas até softwares exclusivos para essa função.


O importante para ter um controle de banco de horas eficiente é acompanhar diariamente as seguintes informações:


- Carga horária dos funcionários;

- Hora de entrada e saída;

- Horas noturnas trabalhadas;

- Adicional de periculosidade;

- Registro de horas trabalhadas, horas extras e horas devidas;

- Relatório mensal de horas trabalhadas de cada funcionário;

- Relação entre horas trabalhadas e descontadas.


Apesar de ser utilizada há muito tempo, a planilha não é a ferramenta mais eficiente para fazer o controle do banco de horas.


Atualmente, a tecnologia assume papel de destaque no controle do ponto e das horas dos funcionários. Os sistemas de ponto eletrônico permitem acompanhar, em tempo real, a movimentação dos funcionários.


Além disso, eles podem ser combinados com softwares automatizados. Dessa forma, as informações do ponto são utilizadas pelo controle de horas e pela folha de pagamento.


Isso otimiza o trabalho do RH, diminui a quantidade de erros e traz mais confiança aos colaboradores.


Vantagens de um controle de banco de horas eficiente


Investir em tecnologia para melhorar o controle de banco de horas traz diversas vantagens para a empresa. Entre elas podemos destacar:


- Maior centralização das informações: os dados ficam disponíveis em uma mesma plataforma. Com isso, o acesso é mais rápido e as informações mais precisas. Os gestores não precisam navegar por diferentes planilhas para conseguir as informações de que necessitam.


- Atualização em tempo real: as informações coletadas pelos pontos eletrônicos são disponibilizadas automaticamente para os gestores. Assim, eles podem acompanhar a entrada e saída dos funcionários.


- Agilidade: o controle de banco de horas eficiente agiliza o trabalho do RH. Seja na hora de elaborar relatórios, fornecer informações aos colaboradores ou fazer os cálculos da folha de pagamento.


- Diminuição de erros: ao utilizar ferramentas tecnológicas para fazer um controle mais eficiente do banco de horas, diminui-se a quantidade de erros. Isso porque, as informações são adicionadas automaticamente e não pelos funcionários.


- Otimização do trabalho do RH: o controle eletrônico do banco de horas diminui a carga de trabalho dos profissionais do RH. Com isso, eles podem se dedicar a ações mais estratégicas para a empresa, melhorando a produtividade dos profissionais.

whatsapp-logo-1.png