O que é regime de caixa? Entenda como funciona



Respondendo diretamente o que é regime de caixa, trata-se de um regime contábil em que as receitas e despesas da empresa só são contabilizadas quando entram ou saem de fato do caixa da empresa e não quando quando são negociadas, compradas ou vendidas. Dessa forma a empresa só é tributada pelos valores recebidos e não quando gera suas notas fiscais.


Ou seja, o regime de caixa segue o fluxo de caixa da empresa, já que só será contabilizado o dinheiro que foi de fato recebido e no momento em que foi recebido. Esse regime existe porque comprar e pagar são coisas diferentes. Você pode comprar um produto hoje e começar a pagá-lo só no próximo mês ou parcelá-lo em diversas vezes.


Caso a empresa pague um valor em parcelas, ele só será computado no momento em que cada uma delas for realmente paga, mês a mês. Isso também vale para receber em parcelas, já que só serão consideradas as receitas que de fato forem recebidas, independente do momento em que foi negociado.


Note que essas definições priorizam o tratamento de questões fiscais, entretanto, no decorrer do artigo iremos abordar também questões gerenciais para a aplicação do regime de caixa.

Mas por que é importante entender o que é regime de caixa?


Agora que você sabe o conceito do que é regime de caixa, vamos seguir para sua importância.


Apesar de empresários e gestores terem a vida bem corrida e com o tempo escasso, a gestão financeira e fiscal deve ser levada a sério, já que são áreas de grande importância em qualquer empresa.


Por isso, o objetivo deste artigo é justamente ajudar você a entender o que é regime de caixa e facilitar sua gestão.


O regime de caixa é importante porque atualmente é o regime mais simplificado e utilizado no Brasil e favorece empresas que trabalham com vendas a prazo ou com datas de pagamento diferentes da venda. Isso porque o imposto poderá ser pago apenas após o recebimento do dinheiro de seu cliente e não quando sua equipe emitir notas fiscais.


Cuidados ao optar pelo regime de caixa


Ao optar pelo regime de caixa sua indústria deve tomar alguns cuidados para não acabar com problemas fiscais ou de fluxo de caixa.


Primeiramente, é preciso manter um controle rígido do seu fluxo de caixa, registrando toda receita que entra e toda despesa que sua indústria precisa pagar. Se sua equipe for tentar fazer isso com planilhas de Excel as chances são que haverá erro humano e provavelmente você terá uma dor de cabeça e tanto, já que poderá deixar de pagar ou até mesmo pagar mais de uma vez o mesmo imposto.


Sendo assim, caso escolha este regime contábil, recomendo fortemente que utilize um software financeiro que auxilie sua equipe a manter este controle, tanto para manter o seu fluxo de caixa seguro tanto para garantir que não irão ter problemas fiscais.


O segundo cuidado é que o regime de caixa, como já falamos anteriormente, só irá descontar despesas no momento em que o dinheiro sai da conta da sua indústria.


Ou seja, caso sua equipe não se atente e acabe se descuidando, pode acontecer de fazerem uma nova dívida já que o mês atual não consta nenhuma saída. Só que na verdade você já havia feito outras dívidas que iriam ser pagas apenas no mês seguinte e assim criar uma bola de neve.

whatsapp-logo-1.png