Periodicidade do Inventário Patrimonial


De quanto em quanto tempo devemos realizar o Inventários dos Ativos?


O Ativo Imobilizado


O Ativo Imobilizado, também conhecido como Ativo Fixo, tem por objetivo a operação da empresa, ou seja, seu funcionamento.


O Ativo Imobilizado é formado pelo conjunto de bens móveis, imóveis, todos tangíveis sub-divididos em contas contábeis, como:


* Máquinas e Equipamentos

* Móveis e Utensílios

* Veículos

* Edifícios

* Terrenos

* Equipamentos de Informática

* Obras em Andamento

* Entre outros

* Inventários Rotativos


Inventário Rotativo é o mecanismo que empresas buscam colocar em pratica visando a manutenção e a auditoria de seu Patrimônio, é uma estratégia benéfica a empresa e deve sim ser utilizada.


A pratica do Inventário Rotativo deve ser uma constante e definido aleatoriamente e sempre ser realizado de forma repetitiva em departamentos ou unidades onde inconsistências são identificadas com volumes superiores a "margem de erro aceitável".


Inventário Geral


A realização do Inventário Geral do Ativo Imobilizado, para que atenda as expectativas tanto da contratante como de empresas de auditoria, seja para a validação dos números contábeis ou mesmo apenas para ter o devido controle físico, deve atender a procedimentos e conhecimentos técnicos.


A periodicidade


Muito se questiona da periodicidade, ou seja, de quanto em quanto tempo o Inventario Geral deve ser realizado.


O CPC-27 (pronunciamento contábil), relata que deve ser realizado anualmente, com o objetivo de validar e dar consistência aos números informados no Balanço Patrimonial.


Há entendimentos que uma vez realizado o Inventário Patrimonial de forma organizada e profissionalizada, e que Inventários Rotativos sejam parte integrante da rotina da empresa, com realizações ao menos 06 vezes por ano e com inconsistências aceitáveis, validam e garantem que o Inventário Geral pode ser estendido para a realização a cada 24 meses.


Importante ressaltar, que independente dos Inventários Rotativos, ainda assim empresas de Auditoria farão testes para validar a eficácia dos controles e acompanharão nos Resultados não Operacionais os efeitos das baixas quando ocorrem para corrigir as diferenças identificadas.


E tendo qualquer dúvida conte sempre conosco da AACC para lhe dar todo suporte.

whatsapp-logo-1.png